Apresentação

Apresente-se à comunidade do espírito | Honda.
Regras do Fórum
A sua apresentação deve conter: Nome, Idade, Localidade, Produto Honda que tem ou pensa adquirir, como conheceu o espírito | Honda.
Avatar do Utilizador
Gustavo.Almeida
Hondista guru
Hondista guru
Mensagens: 11808
Registado: 07/Dez/2008, 13:22
Localização: Viseu

Re: Apresentação

Mensagem por Gustavo.Almeida » 20/Mai/2020, 10:40

Patricia, no que concerne aos valores de potência e binários máximos, queria apenas referir que isso é apenas o pico. É um dado importante mas não é tudo, o ideal era ter as curvas de potência e binário. Vou deixar aqui um exemplo de outro carro:

Imagem

Como disse o colega Farfalho, a caixa de velocidades pode alterar tudo. Uma caixa mais longa prejudica a performance mas melhora a eficiência. Se não perceberes o que é uma caixa mais longa, uma 5ª é mais longa que a 4ª, esta é mais longa que a 3ª, etc.. Com uma caixa ou mudança mais longa, para uma mesma velocidade, o motor faz menos rotação.

O Jazz (Fit) que se vende nos EUA não é exactamente igual, o motor até tem mais cilindrada (1.5), mas sempre dá para tirar algumas conclusões.

Patriicia
Hondinha
Hondinha
Mensagens: 7
Registado: 27/Abr/2020, 20:43

Re: Apresentação

Mensagem por Patriicia » 23/Mai/2020, 18:56

Farfalho e Gustavo obrigada pelas vossas respostas. Apesar de conseguir compreender o que querem dizer, começo a ter alguma dificuldade em conseguir acompanhar. Infelizmente, não percebo assim tanto de carros e, ao conduzir, não consigo perceber todas as coisas que vocês conseguem perceber durante a condução. :(

É um facto que fui eu que fui buscar os cavalos e o binário para a conversa, mas era fazer uma comparação entre o meu carro e o Jazz, para terem uma ideia do tipo de carro que estou habituada a conduzir e que a performance do carro não é o factor mais importante, não quero é que seja pior, mas se for melhor também não me importo nada, melhor ainda.

O meu objectivo era saber a opinião sobre o carro, que problemas é que lhe são conhecidos, se é fiável para durar uns bons km sem grandes problemas, se os materiais de construção são de qualidade, como são os consumos reais, se tem uma boa assistência pós-venda e se quem tem um está satisfeito com ele e que pontos positivos e negativos lhe encontrou. Pelo que consegui perceber, se for como as gerações anteriores não deve ser muito problemático, pelo que já li os donos estão muito satisfeitos com ele.

Há um pormenor que me tem intrigado, porque é que há queixas de infiltrações e ferrugem? Será que isso ainda se mantém?

Avatar do Utilizador
Gustavo.Almeida
Hondista guru
Hondista guru
Mensagens: 11808
Registado: 07/Dez/2008, 13:22
Localização: Viseu

Re: Apresentação

Mensagem por Gustavo.Almeida » 25/Mai/2020, 08:58

Ainda há poucos dias vi um vídeo do carwow em que dizia que o Jazz da geração anterior estava entre os mais fiáveis e que menos despesas inesperadas dava. Podes ver aqui a seguir aos 8 minutos: https://youtu.be/iY-M4G3jf94?t=485

O novo, presumo eu, não se afastará desta linha. Antes do modelo sair ninguém sabe bem mas o histórico da Honda neste aspecto é muito bom e em particular nos Jazz.

Em relação às infiltrações, em todos os carros que tive eventualmente entrou água na bagageira. Uns porque sim, um deles porque já tinha tido um pequeno toque de traseira... é "normal" isto acontecer com a idade. Mas falo de carros com mais de 10 anos. Por acaso no Accord ainda não aconteceu e vai quase com 15 anos.

A ferrugem não será problema salvo algum raspão em que fique chapa não coberta por tinta e mores junto ao mar. Às vezes fala-se de ferrugem mas são pontos menores que uma moeda de 5 cêntimos e é só superficial, nada de grave. No meu Accord com quase 15 anos e mais de 300 mil kms, que eu tenha notado, não há ferrugem nenhuma.

Os Jazzs têm sido excelentes máquinas. A questão da performance por vezes é difícil de explicar por escrito mas será melhor que o teu carro actual. Quando puderes experimenta um, acho que isso vai resolver algumas dúvidas.

O Jazz foi o carro que há 10 anos recomendei para as minhas irmãs, usados com cerca de 8 anos, e ainda hoje continuam a usá-los, a caminho dos 20 anos, e plenamente satisfeitas.

Responder