iniciar sessão

Ensaios

Honda NC700S DCT

  • Escrito por Pedro Frutuoso
  • Publicado em Ensaios
  • Visualizações: 2088

NC700S DCT

Depois de testadas as duas versões NC700X e NC700D Integra, chegou a hora de ensaiar a versão naked, a NC700S.

À primeira vista as semelhanças são evidentes, partilham a mesma óptica dianteira, as mesmas rodas, o mesmo bloco e até a mesma secção traseira. Para os mais atentos facilmente se descobrem as subtis diferenças para a irmã mais alta NC700X.

A versão naked tem todo o bloco do motor pintado a preto, contra o cinzento da X, os manómetros e farol dianteiro estão agarrados à forquilha, virando quando se vira o guiador, e outros pormenores como a secção traseira pintada a preto fosco.

Assim que nos sentamos nela sentimos que estamos numa moto totalmente diferente! Sendo a mais baixa e mais estreita das três, parece quase uma pequena 125. A posição dos poisa-pés é talvez um pouco elevada de mais, e o guiador substancialmente mais estreito que os das outras versões.

A instrumentação é idêntica à das outras NC700, um painel simples, com informações essenciais e de fácil leitura. Também aqui faz falta um indicador da temperatura do líquido de refrigeração e talvez até um pequeno computador de bordo que permitisse ler as médias.

Quando começamos a rolar esquecemos que temos um bloco bicilíndrico de 700 cm3 debaixo de nós, a ligeireza da moto torna-a facilmente controlável para o mais inexperiente dos pilotos. Com o seu baixo centro de gravidade, posição de condução "estreita" e motor de elevado binário, torna-se rapidamente numa campeã no que que toca a "gingar" o trânsito de uma qualquer metrópole.

A versão que a Honda Portugal nos disponibilizou vinha equipada com a mesma caixa DCT (Dual Clutch Transmission) que equipa de série a NC700D Integra. Aliada a um motor já nosso conhecido os resultados só podiam ser fantásticos.

Na nossa opinião trata-se de um modelo bastante fácil de ser conduzido e que facilmente se tornará rainha nas nossas congestionadas cidades. Por outro lado a posição de condução, devido aos poisa-pés elevados, acaba por ser pouco natural, talvez até desconfortável para pessoas mais altas. A protecção aerodinâmica inexistente também poderá ser um problema para quem faça muita auto-estrada.

Pontos positivos





- Facilidade de condução
- Agilidade
- Consumo

Pontos negativos





- Poisa-pés elevados
- Protecção aerodinâmica

 

NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT
NC700S DCT

Best gambling websites website